Sugestão de trilha para o domingo: Farol de Santa Marta – SC

Share on TwitterShare via email

A dica de trilha para curtir neste domingão é para quem está em Santa Catarina, dona do litoral mais visitado no sul do país!
O Farol de Santa Marta fica em Laguna, a aproximadamente 130km de Florianópolis, e é o cartão postal da cidade.
Pegue seu 4×4 e tome a balsa para chegar ao farol. A estrada de terra que leva ao local tem aproximadamente 13km. Há bastante dunas na região, onde você pode brincar com seu 4×4! Se ainda estiver disposto, vá pela praia até Torres/RS. São aproximadamente 100km de distância e um visual espetacular margeando o litoral sul.

Se você tem outras trilhas para compartilhar, indique sua trilha e concorra a 35% de desconto nos produtos Todo Terreno!
Aproveite!

Dica de trilha para o feriadão: Parque Nacional da Serra da Bocaina

Share on TwitterShare via email

Que tal aproveitar o feriadão para explorar novas trilhas? Se você está na região Sudeste e pretende ir ao litoral norte de São Paulo ou ao sul do Rio de Janeiro, uma ótima dica é o Parque Nacional da Serra da Bocaina, que está na divisa dos dois estados, na cidade de São José do Barreiro/SP. No parque, você poderá curtir dezenas de cachoeiras, fazer várias trilhas e se deslumbrar com o lindo visual da Mata Atlântica.

Para chegar, basta pegar a Rodovia Presidente Dutra, entrar na cidade de Queluz/SP, seguir até Areias e depois São José do Barreiro. A entrada do parque fica a 28km adentro do município, na SP 221. Para ir com seu 4×4, é necessária autorização prévia para entrar com o carro. Por isso, providencie com antecedência o seu passeio, pelo telefone: (12) 3117-2183 / 2188.

Coordenadas: 22º40 e 23º20 S e 44°24 e 44º54 W.

 Tem outras sugestões de trilha? Então, indique sua trilha e concorra a um cupom de 35% de desconto em nosso produtos! Participe!

Saiba como funciona o amortecedor e conheça o diferencial dos produtos Off Limits

Share on TwitterShare via email

Pouca gente sabe como funcionam os itens de um carro e suas utilidades. Por isso, preparamos esse informativo!

Primeiramente vale ressaltar que o amortecedor implica diretamente no desempenho de um veículo, seja ele para passeio, trilhas ou em competições onde vence o mais rápido. Os amortecedores controlam o movimento do chassis junto com a suspensão. Eles também são usados para distribuir a quantidade de peso no carro, com ele em movimento e principalmente ao passar por curvas. Isso significa que, enquanto uma parte do carro estiver mais baixa em uma conversão, por exemplo, os amortecedores do outro lado fazem esse trabalho de transição até todas as partes estiverem na mesma altura. Um bom amortecedor ajuda no desempenho de um veículo, pois sua rápida resposta de balanço do carro auxilia nas retomadas.

Trabalhamos com os amortecedores Off Shox FX5 e FX7. Eles são desenvolvidos pela Off Limits, empresa com expertise em amortecedores especiais há 13 anos. O modelo FX5 é ideal para trilhas. Trata-se de um amortecedor monotubo, possui uma câmara de nitrogênio e sua calibragem feita sob medida mantém o óleo comprimido, ou seja, impedindo a formação de bolhas de ar que são prejudiciais ao amortecedor. Os demais amortecedores no mercado são bitubo, com um tubo dentro do outro, onde o óleo dentro dele não é pressurizado.

A linha FX7 é voltada a veículos de competições rápidas. Esse amortecedor é como o FX5, porém ele possui um reservatório de óleo fora da peça, que armazena maior quantidade de lubrificante. A função desse reservatório é fazer com que o óleo demore mais tempo para esquentar, pois o efeito dele deixa o amortecedor perder desempenho.

Outra grande diferença dos amortecedores Off Limits para os demais no mercado é a preocupação com a sustentabilidade. Os produtos da marca são reparáveis e podem sofrer manutenções periódicas sem perder o tempo de vida útil. Já os demais amortecedores são limitados e quando chegam ao limite de sua utilidade, tem de ser substituídos, gerando resíduos na natureza. Luis Haas, CEO da Off Limits, afirma essa importância: “Nossos produtos são desenvolvidos para dar mais performance aos veículos, tem maior durabilidade e são ecologicamente corretos”.

Solicite um orçamento pelo email gerencia@todoterreno.net.

Saiba mais sobre os produtos que fazem parte da história da Todo Terreno

Share on TwitterShare via email

Alguns itens que vemos hoje nos veículos de alto desempenho já foram produzidos de forma quase artesanal há alguns anos atrás. Esse tipo de fabricação podia ter bastante qualidade, mas geralmente durava pouco e sua complexidade de instalação e remoção era bem maior. Atualmente, a tecnologia garante que alguns itens tão importantes tenham melhor rendimento, vida útil, mais facilidades de manejo e garantam melhores resultados finais ao veículo como um todo. Alguns deles, inclusive, contam até com corte a laser para garantir um produto perfeito, capaz de mudar a história de um carro.

Você já imaginou, por exemplo, um protetor de tanque para Suzuki Vitara sendo feita de forma não automatizada? Acredite se quiser: isso já aconteceu. Graças aos avanços da tecnologia, hoje essa chapa de aço de alta resistência desenvolvida no intuito de proteger o tanque de combustível cumpre seu papel de forma muito mais eficaz. A espessura e o acabamento do produto também são padronizados para que a instalação e remoção se tornem tarefas fáceis e, diferentemente de outros itens, o protetor de tanque não requer nenhum tipo de adaptação. O Protetor de Tanque Suzuki Samurai também conta com toda a tecnologia do protetor para Vitara, e ainda tem a chancela de ser um projeto exclusivo Todo Terreno.

A tecnologia avançada também chegou ao protetor de diferencial dianteiro Troller T4 que, desenvolvido para proteger o eixo diferencial dianteiro e traseiro do veículo, também passou por vários processos de produção artesanal até chegar ao que é hoje, como o conhecemos. Nesse caso, a tecnologia também facilita a vida de donos e mecânicos, com fácil instalação e remoção, reposição e ótimo acabamento, coisas que o processo não automatizado não poderiam garantir.

Até a proteção do eixo cardã, da caixa de marcha e da transferência 4×4 já passaram por processos não tecnológicos de fabricação antes de virarem essa chapa de aço de alta resistência como a conhecemos. Trata-se do Kit Protetor de CX Marcha Suzuki Vitara, que também recebeu o melhor da alta tecnologia para fornecer ótimo acabamento e encaixes precisos, com recorte bem feito e durabilidade indescritível.

Como tudo o que representa o progresso e a melhora de vida, a tecnologia para esse e outros produtos de alta resistência veio para ficar – ainda mais porque em veículos como esses a segurança é um item prioritário. Ainda que os processos artesanais fossem os precursores de um avanço, hoje é melhor que sejam mais peças de museu do que propriamente dos carros. A tecnologia é um investimento que deve ser levado a sério, uma vez que ela traz meios capazes de proteger carros em qualquer terreno e, assim, proteger também a vida de quem os guia pelo puro prazer do esporte.

 

 

Saiba as vantagens de ter um pneu BF Goodrich

Share on TwitterShare via email

Duas dicas de excelência para seu 4×4: Pneus de alta resistência a choques, cortes e perfurações.

BF Goodrich ALL TERRAIN T/A KO

Oferece força e resistência superiores, aliadas a uma tração excepcional em qualquer terreno. Banda de rodagem de larga duração, para um rodar macio e tranquilo na estrada. Desempenho imbatível, tanto em estradas boas quanto em caminhos acidentados. É mais conhecido e preferido dos off-roads.

  • Todos os terrenos num só pneu.
  • Maior controle da direção.
  • Maior durabilidade.
  • Maior proteção da roda contra agressões laterais.
  • Ampla oferta dimensional.
  • Dimensões: 30×9.50 a 35×12.50 e 205 a 285/Séries 70 a 85, Aros 15 e 16

BF Goodrich MUD TERRAIN T/A

O pneu para trilhas que não estão nos mapas. Testado em terrenos extremamente adversos, é um pneu super resistente a cortes laterais. Sua banda de rodagem totalmente recortada proporciona máxima tração em lamas e atoleiros. Vai a qualquer lugar, sendo adequado também para ruas e rodovias. O Radial Mud Terrain foi projetado para estradas com atoleiros e lama. Ele não só leva você até lá, com traz de volta, são e salvo.

  • Novo visual agressivo e esportivo.
  • Opção de letras brancas ou pretas.
  • Maior controle da direção no asfalto.
  • Baixo Nível de ruído para a categoria off-road.
  • Excelente tração na lama e em solos inconsistentes.
  • Permite rodagem com baixa pressão para moldar-se aos obstáculos e terrenos agressivos.
  • Dimensões: 30×9.50 a 35×12.50 e 205 a 285/Séries 70 a 85, Aros 15 e 16

Se interessou? Então preencha o formulário de orçamento que nós te enviaremos os valores.

Não tem um 4×4? Então saiba que além dos pneus para uso off-road a BF Goodrich oferece excelentes opções de pneus para carros de passeio, uso asfalto, alta performance e uso misto asfalto (terra).

Em nosso catálogo há também outras marcas e modelos de pneus, como Yokohama, Toyo e Hankook. Confira!

As pranchas e sua utilização

Share on TwitterShare via email

Um acessório antigo, usado desde a época da segunda guerra mundial, nesta ocasião como item fundamental para a construção de pequenas pistas de aterrissagem para aviões. Hoje as pranchas se tornaram também equipamentos que podem ser usados em várias situações encontradas no fora-de-estrada. Ainda pouco utilizadas no Brasil, têm no exterior grande aceitação e adeptos que sempre levam um par das mesmas consigo em incursões por desertos e florestas. O Camel Trophy pode ser apontado como um exemplo clássico da utilização do equipamento: cada Land Rover participante desta lendária competição off-road sempre levava a bordo dois pares de pranchas, tamanha a utilidade das mesmas para se vencer os mais diversos obstáculos.

As pranchas são utilizadas, fundamentalmente, para se conseguir progressão em areia, lama, charcos, lodaçais e outros tipos de terrenos moles. Pode ser usada ainda para se vencer uma subida sobre grama molhada ou outro tipo de superfície escorregadia, como gelo ou neve, uma vez que suas saliências conferem aderência aos pneus.

Quando utilizada nestes casos, recomenda-se sempre que o usuário ate uma corda, com dois ou três metros de comprimento, a uma das extremidades da prancha. Durante este tipo de operação, a tração exercida pelo veículo e até o próprio peso do mesmo fazem com que o equipamento fique completamente soterrado, dificultando sua posterior retirada ou até mesmo causando seu desaparecimento no meio da lama ou da areia. Este procedimento simples tem como principal objetivo dar ao usuário uma referência da localização da prancha após a operação.

As pranchas podem ser utilizadas ainda como mini-pontes para a transposição de pequenas valas ou erosões (desde que observados a resistência do equipamento e o peso do veículo). Podem ainda servir para dar maior estabilidade e tração ao veículo em travessias de pontes feitas de troncos de árvore, comuns em situações fora-de-estrada extremas.

Como podemos ver, as pranchas podem ter muitas utilidades e são um equipamento imprescindível para quem pretende se meter em aventuras mais radicais. Sua utilização é relativamente simples e pode ser determinante no prosseguimento de uma viagem, em diversas situações freqüentemente encontradas no off-road.

 

Concorra a um cupom de 35% de desconto nos produtos da marca TT

Share on TwitterShare via email

Que tal garantir um superdesconto de 35% OFF em qualquer produto da marca Todo Terreno? Você tem até o dia 11 de maio para curtir a nossa página, se cadastrar em nosso site e enviar a sua sugestão de trilha para a coluna “Indique sua trilha“.

Surgiu alguma dúvida? Então veja o passo a passo:

  1. Curta nossa fan page.
  2. Cadastre-se no site www.todoterreno.com.br,
  3. Valide seu email e senha (verifique se o e-mail de confirmação de cadastro está na caixa de spam)
  4. Faça o login no menu “Área do usuário”, no topo da página.  v
  5. Clique no menu “Mundo TT”, na barra azul principal.
  6. Clique em “Indique sua trilha”, no meio do site ao lado direito, e depois em “Indicar trilha”.

Atenção:

  • A descrição do passeio deve ter no máximo 1.000 caracteres.
  • No relato devem conter pontos de saída, chegada, distâncias e referências, além das peculiaridades do local.
  • Serão aceitos relatos até o dia 7 de maio e o sorteio do cupom será feito no dia 11 de maio.
  • Promoção válida para todo território nacional.
  • A validade para utilização do cupom é de até 60 dias a partir da data de divulgação do resultado do sorteio.

Produtos que nasceram junto com a TT

Share on TwitterShare via email

Junto com os reboques de manilha e pino, primeiros produtos da Todo Terreno, também foram desenvolvidas outras peças que vieram atender uma grande demanda interna. As proteções de Troller e as pranchas de ancoragem são produtos exclusivos Todo Terreno, lançados no final da década de 90 e início dos anos 2000. Na época, muitos jipeiros compravam esses tipos de acessórios de lojas em outros países, o que onerava no valor do produto. Pensando em atender o mercado brasileiro, Murilo Ulho Goulart, CEO da Todo Terreno, criou essas peças que acabaram virando referências para outras empresas desenvolverem projetos.

 

As proteções para o Troller foram lançadas em 1999. Murilo teve a ideia de trabalhar com peças exclusivas para esse carro, com o intuito de proteger a parte inferior de agentes externos. Fazem parte da linha peito de aço reforçado, protetores de caixa de marcha, diferenciais, tanque de combustível e do sistema eletrônico. Toda a linha pode ser conferida pelo link http://www.todoterreno.com.br/app.empresa/app.view/app.produtos/index.php?T4—Trilha&tecCategoria=VZlSXRlVOFmYGpEWR1GcXVWRWZVVB1TP.

 

Em 2001, a Todo Terreno lançou outra novidade que é sucesso de vendas até hoje da marca: a prancha de desatolagem. Elas são próprias para passagem por erosões, servem de pontes e apoio em trilhas. Elas são feitas de alumínio e estão disponíveis em nosso catálogo de diversas larguras e tamanhos http://www.todoterreno.com.br/app.empresa/app.view/app.produtos/index.php?Pranchas-de-Desatolagem&subcategoria=VZlSXRlVOFmUs5ESadEdXZFMaZVVB1TP.

Dicas de calibragem e peso do seu jipe

Share on TwitterShare via email

Na hora de preparar o que levar às trilhas leves e a quantidade de pessoas no carro, vale a pena ficar atento com o peso total do jipe. Em passeios e expedições, seu 4×4 pode andar com carga quase total, pois o peso adicionado não afetará o centro de gravidade do carro, como inclinações laterais excessivas, por exemplo. Sempre respeite os limites de segurança. Em trilhas leves, como as citadas acima, dá para levar quatro ocupantes ao todo no jipe. Por precaução, leve demais cargas presas com cintas de amarração, esticadores e telas elásticas, seja no porta malas ou bagageiro externo.

 

Com todo mundo a bordo e cargas devidamente amarradas vá ao posto de combustíveis e calibre os pneus de forma que seja viável andar na terra e não incomodar a todos dentro do 4×4. Para trilhas leves, como passeios, a calibragem para pneus lameiros mais indicada é entre 16 e 20 libras. Verifique também o mais indicado pelo fabricante, descrito no manual do seu jipe.

 

E lembre-se: se precisar de pneu a Todo Terreno tem também! http://www.todoterreno.com.br/app.empresa/app.view/app.produtos/app.view/descricao.php?ind=356&BFGoodrich-ALL-TERRAIN-T/A-KO

Planeje sua trilha na RMBH e região central de Minas Gerais

Share on TwitterShare via email

Todo Terreno tem dicas de passeios próximos à capital mineira.

A sexta-feira é o dia da semana mais aguardado por todos! Alguns planejam festas, happy hours, churrascos, passeios de bicicleta, visita a parentes, ir a parques, mas existem outras pessoas com programações um pouco diferentes. Proprietários de jipes geralmente se divertem nos finais de semana no meio do mato, explorando novas trilhas ou fazendo passeios radicais com família e amigos. A Todo Terreno tem duas dicas de passeios para quem está querendo aventura neste sábado e domingo:

- Trilha São Bartolomeu (Floresta Estadual de Uaimií): essa belíssima região cheia de cachoeiras e lugares históricos fica há cerca de 80 quilômetros saindo do BH Shopping. O caminho é seguir pela BR 040 até a entrada de Ouro Preto e seguir na MG 030. Logo após a entrada de Itabirito, andar 3km e virar à esquerda sentido Serra de Capanema. Vá pelo asfalto até a entrada da Floresta Uaimií, onde começa a trilha. Mantenha-se na via principal e aproveite o visual! O melhor ponto do passeio é a cachoeira de São Bartolomeu, próximo ao distrito que leva o mesmo nome. Para quem gosta de doces caseiros, fica a dica experimentar os de lá! A trilha também é indicada a quem pratica trekking ou passeios de bike. Os aventureiros devem tomar cuidado ao andar lá em épocas de chuva, pois há trechos na trilha bastante escorregadios.

- Trilha para Caeté passando por restaurantes: quem faz trilhas de jipe, moto, bike ou a pé há muitos anos já conhece os restaurantes Aconchego Tia Lúcia e Alpenrose. Esses dois estabelecimentos ficam em estradas de terra, sentido Caeté, ambos com grande área verde e são ótimos para o descanso da trilha e experimentar a típica comida mineira. A trilha que leva aos dois restaurantes sai de Rio Acima. Após 16km percorridos por estrada de terra saindo de Rio Acima, largando próximo da rodoviária, chega-se ao Aconchego Tia Lúcia. Já chegar à Fazenda Alpenrose, siga de Rio Acima pela estrada de terra sentido Caeté. O restaurante fica em Morro Vermelho, distrito de Caeté, a 42km de Belo Horizonte. O caminho até os dois estabelecimentos tem vistas panorâmicas das regiões metropolitana de BH e Central. As estradas são de terra batida, tranquilas para passear. Vale a pena sair cedo para aproveitar a tarde após o almoço nos dois restaurantes.